5 passos para melhorar suas fotos do celular

Já começo esse post lembrando que não sou fotógrafo, mas há algum tempo levo fotografia como um hobby que eu adoro melhorar. Ultimamente ando me forçando a sair mais para tirar fotos, tentando ver o mundo pensando em como posso fazer aquilo virar uma foto. E, pra falar a verdade e o grande motivo pelo qual esse post existe, eu entrei naquela nóia – meio besta, eu sei – de tentar deixar o feed do Instagram com um mesmo estilo.

Ao mesmo tempo que decidi melhorar, também decidi tentar simplificar a captação. Evitar desculpas. Comprei uma lente fixa (sem zoom) – uma 24mm – bem menor para minha câmera e tenho tirado muitas fotos com o iPhone mesmo. Na real, a maior parte das fotos do meu Instagram foram tiradas e editadas com o iPhone. Como muita gente veio me perguntar o que tenho feito e que apps tenho usado, resolvi separar algumas dicas que aprendi nos últimos meses e mostrar um pouquinho como eu trato as minhas fotos. É focado em fotos com o celular, as dicas são bem práticas pra você aplicar – e valem pra câmeras também, é claro.

 

Limpe a lente

Eu falei sobre isso no meu Facebook esses dias. Parece uma dica besta, mas mudou totalmente a qualidade das minhas fotos. A gente tá o tempo todo pegando no celular e a lente normalmente vai ficar meio engordurada ou suja. Dar uma limpadinha na lente na camiseta antes de tirar a foto já vai fazer toda diferença na nitidez e em como a luz é mostrada. Olha só a diferença:

 

 

Pense no que você quer mostrar e vá sem medo

Quando tiro foto de alguma coisa, tiro logo umas 20. Vou mais perto, atravesso a rua, tento de um outro ângulo, espero uma pessoa aparecer na foto, espero as pessoas desaparecerem da foto. O negócio é sempre ter em mente o que você quer mostrar naquela foto e esperar ou fazer isso acontecer. Tenho descoberto que uma boa foto é muito mais questão de paciência do que sorte. Quando tem gente no frame eu já tiro logo a foto no modo burst (quando dá vários cliques seguidos de uma vez) para garantir que em alguma delas a posição estará legal. Então, vai na minha e busque ângulos diferentes e tire várias fotos de uma vez.

 

 

Dê aquela ajeitadinha

Sou aquele tipo de pessoa que gosta de tudo retinho e simétrico. Nada me dá mais prazer numa foto e satisfaz meu TOC do que ver as linhas todas certinhas, como nas fotos do Dirk Bakker. Mesmo que você não tenha esses probleminhas que tenho, você consegue sentir bem a diferença olhando uma foto reta, mesmo que você não saiba o que ela é. Dá uma paz no espírito que você não tem ideia. Haha

Para garantir que tudo estará alinhado, eu uso um aplicativo chamado SKRWT. Começo importando a foto e já tento ajeitar a rotação da foto.

Ajeito as perspectivas horizontais e verticais para as linhas da foto ficarem certinhas com o grid.

Deixo no modo que não permite que corte sozinho, assim eu mesmo posso criar meu corte:

Faço o corte e dou uma conferida se as linhas estão certinhas usando o grid:

 

Tire o que não interessa

Para mim, uma boa foto é aquela que tem só as informações necessárias, então estou sempre tirando ~certos elementos indesejados~ das minhas. Seja turistas no fundo, aquele papel caído no chão ou aquele senhor de chapéu limpando o salão, como diria meu pai. Tiro tudo aquilo que não me ajuda a contar a história daquela foto. Para fazer essa mágica, uso um aplicativo chamado TouchRetouch.

Ele foi criado justamente para retirar elementos das fotos e tem quatro funções principais:

• Object Removal: em que você pode passar um pincel no que você quer eliminar da foto e apertar o botão Go pra fazer a mágica acontecer.
• Quick Repair: para fazer alterações rapidinhas, como tirar só uma sujeirinha, coisa assim.
• Line Removal: uma mágica pra tirar fios e cabos das fotos
• Clone Stamp: funciona igualzinho o carimbo do Photoshop, você indica uma área que quer copiar e vai usando o pincel a partir dela.

Nessa foto aqui, por exemplo, eu tentei tirar a moto com o Object Removal, que funcionou na maior parte, mas não em tudo.

E aí usei o clone stamp para dar uma ajeitada.

Trate a foto com carinho

Essa aqui é, com certeza, a parte mais importante. Sempre começo a mexer na foto pelo aplicativo do Lightroom no celular, antes mesmo de passar as fotos pelos outros aplicativos que falei aí em cima. Como eu edito cor e iluminação no Lightroom, acho sempre melhor pegar a foto o mais original possível, sem ter passado por nenhum aplicativo que possa diminuir sua qualidade. O app deles tá ficando quase melhor que a versão desktop.

Para deixar tudo mais ou menos com o mesmo tom, no próprio Lightroom eu criei um preset que sempre copio para outras fotos. Tecnicamente, no aplicativo você não pode criar presets, mas a minha gambiarra que você pode copiar é que você pode ter fotos de referência no celular, editadas no computador ou no app, e aí copiar e colar o estilo delas em outra foto.

Isso costuma funcionar muito bem em fotos que tenham a iluminação parecida. Se a minha foto agora é ensolarada, busco uma outra que já editei onde tinha muito sol, por exemplo. Facilita bastante a vida. Depois de copiar o preset eu normalmente dou uma ajustadinha na exposição, na temperatura e na cor. Aliás, o Lightroom é ótimo para editar cores! Para qualquer cor você pode ajudar tom, saturação e iluminação. Você pode inclusive clicar em algum elemento da foto para editar as cores que estão nele. Mágico!

Para dar um brilho extra, de vez em nunca eu passo ela pelo Mextures, um aplicativo para colocar camadas de iluminação e outros efeitos. Pode ser bem falsiane às vezes, mas às vezes dá um efeito legal. Passo pra lá quando quero reforçar ou criar alguma luz que não existe, como o caso daqui:

A última etapa antes de passar pro Instagram é pelo VSCO, que com certeza que você já ouviu falar. Passo a foto pra lá para me ajudar a criar o padrão do meu perfil no Instagram. Normalmente uso os filtros na família A, C, F ou M, mas nunca na intensidade máxima, sempre mais fraquinho só pra dar um toque mesmo. E já vejo se tá seguindo um padrão com minhas outras fotos do Instagram por lá.

Pra terminar, quando coloco a foto no Instagram, eu ainda mexo um pouco na claridade dela, em sombra/iluminação e às vezes jogo um pouco dos filtros Gingham ou Claredon, mas bem pouco mesmo. Só pra dar um brilhinho.

E pronto!

 

Eu sei, eu sei! Parece coisa pra caramba, mas normalmente faço tudo isso em menos de 10 minutos. A minha na edição ordem é:

1• Lightroom para editar cores e garantir que vou poder ter a maior liberdade possível com a foto antes dela passar por qualquer outro aplicativo.
2• SKRWT para ajustar a perspectiva da foto
3• Retouch para tirar qualquer imperfeição
4• Mextures de vez em nunca para jogar uma luz diferente
5• VSCO para deixar a foto mais alinhada com o meu Instagram
6• Instagram para ajustar um pouco claridade, eventual sombra/luz e subir a foto

Fui descobrindo a maioria desses aplicativos nos últimos meses e é incrível ver as mudanças que esse processo de edição causaram nas minhas fotos. Ando muito mais empolgado pra fotografar mais e meu eu-interior chora de emoção vendo a mesma tonalidade no meu grid do Instagram. 😂  Ainda tenho muito o que melhorar, mas com o tempo eu vou pegando o jeito! Aliás, já está me seguindo por lá?

Tags from the story
, ,

Comentários