5 restaurantes incríveis para comer em Barcelona

A gente tem uma lista enorme dos lugares que conhecemos pelas cidades que passamos. A ideia é criar um guia com tudo, detalhadinho, e colocar a disposição aqui pra vocês. Mas isso acaba demorando demais e acabamos perdendo o timing ~de amor~ pelos lugares que estamos frequentando. Então resolvemos soltar algumas dicas assim, como pílulas para que você, um familiar ou um amigo que estiver com passagem comprada pra Barcelona, já possa aproveitar algumas das nossas dicas desde já.

Onde moramos, bem no centro do Bairro Gótico tem milhares de restaurantes – muitos deles caçando turistas lá da porta quase com uma corda – e é pode ser complicado encontrar aqueles lugares incríveis que se destacam da média geral do bairro.

Esses não são restaurantes baratinhos – e esse post vem em breve! –, tipo os que conseguimos comer várias vezes na semana se a gente quiser. Mas, ainda assim, todos sempre saíram mais baratos do que qualquer restaurante legal em São Paulo. E, vamos combinar, são tão maravilhosos padrão “SOS quero viver lá dentro” que o preço é extremamente justo. Especialmente se você estiver só de passagem pela cidade.

Outra coisa boa: absolutamente todo mundo que vem a Barcelona passa pelas ruazinhas da Cidade Velha. E, sem desviar seus caminhos, você pode entrar pelas portas de um desses lugares sensacionais.

Vem ser gordinho com a gente!

Tapas e sangria para realmente se sentir na Espanha

Esse foi o primeiro restaurante onde fomos comer em Barcelona e demos muita, muita sorte. Ele fica bem pertinho de casa, e só não demos tanta sorte assim porque não tem um cartão fidelidade do Sensi pra gente poder comer lá sempre. Já levamos a família que veio nos visitar aqui também e todo mundo aprovou.

E foi aprovado também por Barcelona inteira, porque ele tá sempre lotado. Se conseguir, já faça a reserva antes pra não perder a oportunidade de comer lá. Ou chegue bem cedo. Sério.

Lá você escolhe algumas tapas (mais ou menos duas ou três por pessoa costumam ser suficientes) e todo mundo da mesa compartilha. Você pode pedir um prato e comer sozinho, é óbvio, mas a mágica das tapas é que elas ficam bem no meio da mesa e todo mundo pode provar um pouquinho. Pra acompanhar, dica importante: lá tem a melhor sangria que tomamos até agora em Barcelona.

A única coisa ruim é que por causa de alguma lei desumana que não deixa eles venderem bebidas alcoólicas sem um jantar em alguns estabelecimentos, nós não podemos ir até lá só comer patatas bravas e tomar sangria no fim de tarde. :(

Algumas coisas que vale muito a pena pedir: pastel de confit de pato, raviolis artesanos rellenos de trufa, patatas bravas e el clásico filete de buey. Mas pode pedir qualquer coisa do cardápio porque, pelo jeito, nada é mais ou menos.

Leia mais: A melhor forma de transferir dinheiro para a Espanha!

Além do Sensi Bistrô, esse que fomos, eles também têm outra unidade e já vimos que estão construindo a terceira, todos bem pertinho um do outro.

Sensi Bistrô

Onde?
Carrer del Regomir, 4 – Barri Gòtic

Quanto?
Mais ou menos, 25 euros por pessoa

 

Ramen feito de lágrimas de alegria

A gente ama ramen. Lamen. Sopão japonês. Chamem como quiser. Esse troço aí da foto com macarrão esticadinho, caldo de legumes, carnes, tofu, frangos, peixes, cogumelos, que seja. Depende do que você pedir. São várias coisas que fazem a vida valer a pena juntas. Quentinhas. Prontas pra você comer e tomar o caldinho fazendo barulhinho.

Escondido em uma ruazinha, você só lê um neon escrito em vermelho RAMEN aparecendo pra fora. Pode ir que é sucesso! O dono é irlandes, fazendo um prato japonês numa cidade espanhola, mas a mistura funciona muito bem!

A gente sempre pede os mesmos: picante para o Fê e vegetariano picante para a Dé. Pra quem não é forte na arte da pimenta, aconselhamos que você vá nas versões tradicionais. Para beber, eles fazem uma limonada caseira incrível que vem num potinho.

Sempre pedimos o menu do dia (que custa uns 11,50), que dá direito a um ramen enorme, à limonada delícia e à sobremesa – mas você nem vai querer o doce porque vai ter comido tão maravilhosamente bem que não vai dar a mínima pra as opções.

Koku Kitchen

Onde?
Carrer Carabassa, 19 – Barri Gòtic

Quanto?
12 euros por pessoa

Já ouviu falar em comida ~flexiteriana~?

Passando na frente do Flax & Kale é impossível não dar ao menos uma babadinha no canto da boca. Gente, que lugar lindo! Além de tudo, a comida é saudável, diferente e extremamente gostosa. A gente poderia comer aqui todo dia.
A tal da comida ~flexiteriana~ é só uma forma cheia de frescura de dizer: vegetariano, mas nem tanto. Muitos dos pratos tem peixe. Mas só branco. (Ou não?)

Mesmo o Fê não sendo vegetariano, gostamos de restaurantes desse tipo porque eles tentam misturar ingredientes para fazer sabores novos o tempo todo, o que tira a mesmice de muitos lugares “comuns”. Para melhorar, o Flax – já virou íntimo! – tem uma mini fábrica de sucos lá dentro, que faz misturas sensacionais. Tem suco verde detox classicão, virus killer pra te salvar da gripe (cheio de gengibre e maravilhoso), um sucão vermelho chamado Vegan Vampire feito de beterraba, um outro que vai alho e cebola (juro que é bom!) e até um chamado My Sweet Horny, que ajuda a equilibrar os hormônios e te deixar mais ~animadinho~ (if you know what I mean).

De entrada, pedimos chips de couve extremamente crocantes. Fê comeu um hamburguer de atum e a Debbie uma salada de abacate com cenoura e mil coisas. De sobremesa, um bolinho que mistura brownie, mousse de chocolate, uma caldinha de avelã e sorvete de framboesa. De. Chorar.

Ah! Eles tem um outro restaurante também, o Teresa Carles, que fica bem perto e tem menu diferente, esse só vegetariano mesmo. Fomos lá, mas só tivemos tempo de pedir a entrada antes dele fechar. :(

E se alguém aí tiver a frescurinha de “ai mimimi restaurante sem carne não sei não sei” simplesmente fique em silêncio e se dirija até lá. É bom demais. A gente garante. 

Flax & Kale

Onde?
Carrer Tallers, 74B – Raval

Quanto?
22 euros por pessoa, mais ou menos

Burger time!

A gente é meio chato com hamburguer. Primeiro que não é todo lugar que faz hamburguer vegetariano para a Dé, quanto mais um bom hamburguer vegetariano que não seja uma massaroca sem graça. Segundo que, quando fazem, normalmente o de ~carne de verdade~ não é dos melhores.

Mas no Kiosko tudo é bom.

Eles tem uma variedade enorme de hamburguers e opções para você escolher no cardápio. Você pode pegar as receitas prontas ou criar a sua, com um mini cardápio que fica na sua mão e você assinala o que quer. Tem até carne ecológica! Além de tudo, quando suas patatas – não esqueça das patatas! – e os hamburguers chegam, você ainda tem várias opções de molhos na mesa. Ah! Eles também tem alguns hamburguers sazonais bem diferentes, o da vez tem molho de morango.

Os mesmos donos também tem o Bacoa, outra hamburgueria é bem famosa por aqui, mas ainda não conhecemos.

Kiosko

Onde?
Marquès de l’Argentera, 1 bis – Born

Quanto?
11 euros por pessoa

Cervejas diferentes e comida delícia

O nome não te dá nem uma dica do que é esse lugar: um bar/restaurante de tapas asiáticas com uma ótima carta de cervejas diferentes e artesanais. O dono é um inglês que fala mandarim fluente e só contrata chineses – daqueles true mesmo, que quase nem falam espanhol – para trabalhar na cozinha.

Chegamos no pior horário possível e ficamos quase uma hora na espera. Mas ah, amigos, como valeu a pena! 

Os dumplings são os mais famosos e nos empanturramos deles, mas tudo é bom! Da saladinha a barriga de porco. Você vai pedindo os pratinhos e dividindo – quer dizer, dividindo o que dá pra dividir com uma vegetariana, né? –, aí é só pedir a Sriracha e querer comer até a mesa de tão gostosas que as coisas são.

Pra não morrer de fome esperando na porta, você tem duas opções: chegue muito cedo ou muito tarde, porque lota muito.

Ah! Importante: pergunte das cañas – os chopps – artesanais deles ou escolha uma das garrafas diferentes (que nunca vimos antes) pra acompanhar.

Mosquito

Onde?
Carrer Carders, 46  – Born

Quanto?
23 euros por pessoa ou por aí

 

 

Esses são alguns dos lugares que descobrimos para comer em Barcelona, especialmente nessa área da Cidade Velha, até agora. Ainda temos muitos outros para descobrir por aqui, mas pode mandar esse post pro amiguinho que está vindo pra cidade que ele vai ficar bem feliz! E, por favor, quem tiver dicas de lugares para irmos por aqui, mandem, mandem! :)

Comentários