Como continuar produtivo mesmo procrastinando

Costumo dizer que sou uma pessoa muito otimista. Deixo as coisas para a última hora porque tenho total confiança de que vai dar certo, que vou conseguir fazer tudo perfeitamente e não vai acontecer nenhuma tragédia no caminho. Uso a mesma desculpa para chegar atrasado nos lugares, coisa que às vezes eu não conseguiria nem se o teletransporte fosse uma realidade. Essa história que eu chamo de otimismo é, na verdade, uma grande desculpa pra atrasar tudo. A real é que eu procrastino em quase toda oportunidade que tenho – e que não tenho.

Ou melhor, procrastinava. Melhorei muito nos últimos anos. Nessa vida nômade em que qualquer minuto procrastinando é um minuto a menos que poderia ser aproveitado em uma cidade nova, fazendo algo diferente, ser produtivo virou uma obrigação ainda maior na nossa casa. Principalmente para nós que queremos abraçar o mundo todo entre viagens, freelas, o blog, novos projetos e a quantidade absurda de séries que assistimos.

Ao longo desses anos, fui adotando e adaptando algumas técnicas para ser mais produtivo. Hoje minha produtividade existe totalmente por causa de uma certa rotina que criei e da forma que olho para minhas tarefas do dia. Falamos um pouco disso neste post aqui e no nosso ebook, o #AgarreSeuSonho. Claro que existem dias melhores – que chamamos de foco total – e dias piores. Para esses dias em que você acorda querendo fazer tudo, menos aquilo que realmente precisa fazer, apelamos para a procrastinação produtiva.

Procrastinação produtiva é pegar toda essa vontade de fazer qualquer coisa que não seja obrigatória e tirar algo útil disso. Meio que tirar leite de pedra, só que da vida real. Se você divide a camisa do time de procrastinadores profissionais comigo já sabe que raramente ficamos sem fazer nada enquanto procrastinamos – só não queremos fazer aquela coisa específica que PRECISA ser feita. E se a procrastinação puder dar algum resultado no fim do dia?

Vamos começar criando uma lista de tarefas bem clara com tudo que você precisa fazer no dia, de tirar o cocô do cachorro até entregar aquele trabalho. Tudo que você precisa fazer no dia precisa estar ali, naquela listinha, e não adianta separar tarefas pessoais (ou da casa) das suas tarefas profissionais. Ao contrário das suas várias listas, você é um só. Então crie uma listinha só com absolutamente tudo que você precisa fazer no dia.

Agora escolha a tarefa principal – aquela mais tensa de todas – e quebre ela em várias tarefas rápidas que podem ser feitas em pouco tempo. Uma tarefa grande pode se tornar 20 tarefas pequenas e rápidas na sua lista, desde que elas tirem aquela sensação de que é impossível terminar sua obrigação a tempo. Essa técnica de quebrar tarefas grandes em pequenas é uma técnica que usamos muito e também falamos mais sobre ela no #AgarreSeuSonho.

Se sua procrastinação estiver no nível HARD e você quiser afrouxar ainda mais as regras dessa estratégia, adicione outras obrigações curtas, que vão tomar cerca de 5 minutos do seu dia, na lista tarefas. Limpar sua área de trabalho, por exemplo. Ou ler aquele email novo que te enviaram. Ou pesquisar rapidinho alguma referência para usar em um próximo trabalho. Tarefas pequenas, que não te desgastam, mas fazem você dar um pequeno passo em frente e sentir que está realizando algo.

As tarefas curtas servem para, toda vez que você decidir procrastinar, escolher uma delas para cumprir. Você ainda está adiando seu objetivo final – que é terminar esse trabalho pra ontem – mas ao menos está caminhando em direção a ele pouco a pouco – ou, caso sua procrastinação esteja no nível avançado, fazendo alguma outra coisa que você já precisaria fazer em algum momento.

A estratégia que costumamos usar nesses momentos de tensão é intercalar tarefas chatas com tarefas que dão mais prazer, mesmo que sejam as mais bobinhas da lista. Só a sensação de dever cumprido de algumas delas já nos faz querer produzir mais, mas mesmo que esse empurrãozinho não nos ajude muito, ainda estamos cumprindo tarefas importantes.

Se você vai procrastinar, ok, mas procrastine enquanto elimina outras tarefas da sua lista.

É uma auto enganação? É sim! Sua cabeça quer procrastinar para fugir de uma tarefa importante e você deu a procrastinação a ela, mas ainda assim está trabalhando em coisas importantes.

Ao invés de procrastinar olhando para a timeline do Facebook, já tenho minha listinha de tarefas que posso fazer enquanto ~descanso~ – e assim fazer alguma coisa útil da mesma forma. Entre uma coisa e outra, vale a pena se dedicar um pouco nas tarefas fáceis pra retomar a produção com tudo depois de um tempo! 😃

E continuamos lutando contra a procrastinação, dia sim, dia também!

Tags from the story
, , ,

Comentários