Guia cool de Belgrado, na Sérvia

Começo esse guia com um fato: Belgrado é uma cidade que deve ser explorada. Deve. Já que a Sérvia é uma parte pouco turística da Europa, existem muitos lugares que você não vai encontrar na maioria dos guias ou blogs por aí. É uma cidade feita pra você explorar e se sentir o máximo quando descobrir alguma coisa nova (o que, te juro, não vai ser difícil).

Não é que as informações não existam na internet – elas até podem existir. Eu acho. Só que quem não consegue ler sérvio ou o alfabeto cirílico pode ficar preso naquela meia dúzia de atrações turísticas sem graça que não vão te mostrar o quanto essa cidade é incrível.

Como blogueira, eu acredito que essa é uma das principais razões que Belgrado não é tão turística quanto deveria. A cidade é incrível, cheia de coisas legais pra fazer, mas poucas pessoas falam sobre ela por aí.

Só que Belgrado é uma cidade linda. Segura. Super cool e cheia de coisas acontecendo. Depois de morar em Belgrado por quase três meses e ~vender~ a cidade pra todo mundo que eu conheço, hoje chegou a hora de mostrar pra vocês a minha Belgrado. ♥

*como já é de praxe, aqui não vão dicas turísticas que você pega em qualquer guia. são lugares que eu frequentei enquanto morei lá, amei e passei a dica adiante. Pra pegar dicas de pontos turísticos, pegue um guia tradicional*

Impressões gerais:

Segurança
Eu não sei você, mas quando eu pensava em Sérvia eu nunca imaginei que o país fosse um lugar seguro. Mesmo que não seja seguro nível Alemanha ou Dinamarca, não teve uma única vez que eu tive medo enquanto andava pelas ruas de Belgrado durante a noite. É claro que só morei pelo centro da cidade e não nas zonas mais afastadas – que é onde imagino que você também irá ficar – mas eu achei a capital do país MUITO segura e tranquila para andar tanto de dia como de noite, sozinha ou acompanhada.

Inglês
A Sérvia era Iugoslávia socialista até ontem – na verdade, até 1990. Isso reflete bastante na arquitetura, na forma que os sérvios se comportam e no desenvolvimento da cidade num geral. Não espere que pessoas mais velhas consigam falar qualquer coisa em inglês com você, mas muita gente lá pelos seus 30 anos vai conseguir ao menos te ajudar ~in english.

Internet
Como a Sérvia não faz parte da União Européia, você vai precisar de um chip exclusivo para o país. Comprei um chip da Telenor com 10gb de internet para usar por 30 dias e saiu em torno de 7 euros, o preço mais barato que eu já paguei por internet na vida. Eles também tem planos menores, caso você não seja o louco da conexão como eu, mas vale muito a pena investir num chip.

Temperatura
Belgrado fica MUITO quente e também MUITO fria. Enquanto morei lá durante o verão, peguei vários dias de 35 graus que só um ice coffee e muito ar condicionado conseguiam salvar.

Se você for nessa época, não desacredite no calor da Sérvia e encontre uma hospedagem com ar condicionado – às vezes, até mais do que um. A parte positiva do calor é que todos os lugares tem mesas para fora e, quando o tempo está aceitável, é uma delícia ficar no parque da Fortaleza tomando uma cerveja e batendo papo.

No inverno, apesar do frio ser surreal, tem muitas coisas legais pra se explorar também. Existem baladas e bares que só abrem nas épocas mais frias do ano e você pode pegar um taxi para andar para lá e para cá sem problemas, já que eles são bem baratos – para isso, siga a dica aqui de baixo.

Transporte público e taxis
O transporte público de Belgrado não é nada glamuroso ou limpinho, mas funciona. Como a parte principal da cidade não é muito grande, você não terá problemas em se locomover com transporte público. Antes de chegar, já baixe o aplicativo Moovit que ele vai te mostrar direitinho como se locomover para qualquer lugar que queira ir – já que o Google Maps não funciona por essas bandas.

O preço do transporte é bem baratinho, você consegue comprar tickets com o motorista e não tem catracas nos transportes – tecnicamente, existem fiscais passeando pelos transportes o dia todo e verificando os tickets, mas eu só os vi uma vez.

Para pegar taxis, vale a mesma regra de todos os lugares do mundo: sempre use aplicativos para que os taxistas não te passem a perna. Taxistas são complicados em qualquer lugar do mundo, então outro app legal para ter sempre a mão é o CarGo, igualzinho ao Uber e que funciona muito bem por lá.

Regiões de Belgrado:

Cidade Antiga
A cidade antiga de Belgrado não é muito grande, mas uma graça pra você passar a tarde explorando suas ruas. Não deixe de prestar atenção na mistura de coisinhas hipsters e modernas com os prédios detonados com o tempo – na minha opinião, a coisa mais charmosa da cidade.

É ali que você vai encontrar a walking street da cidade com as lojas de compras tradicionais européias e muitas das coisas que dou a dica aqui embaixo.

Savamala
Savamala é o bairro hipster de Belgrado. Pertinho do Rio Sava, é ali que uma galera mais cool se junta para beber nos finais de semana e também onde acontecem alguns pequenos festivais de rua que você pode curtir quando a temperatura ajuda. Ali também tem o pier de Belgrado, onde pequenos navios param indo de um país para outro e tem um monte de restaurantes bacanas.

Apesar de ser um lugar tranquilo, não é muito fácil de se locomover em Savamala. Não tem muitos trens andando pela região e tem várias avenidas grandes cruzando tudo por ali, então eu particularmente não me hospedaria muito perto do pier.

Kalemegdam Fortress
Kalemegdam é a fortaleza que fica entre o Rio Sava e o Rio Danúbio, ponto de encontro para sérvios e turistas e com muitas coisas pra fazer. A coisa mais incrível é que enquanto a temperatura está boa os sérvios usam esse espaço para fazer de tudo – eu fui em uma balada a céu aberto lá que você podia sair para curtir o nascer do sol e voltar depois, por exemplo.

Lá dentro também tem uma balada própria, bares, restaurantes, quadras de tênis, vários museus e uma vista inacreditável da junção dos rios. É lindo demais ali.

Para encontrar os eventos que acontecem na fortaleza, procure por placas sinalizando cada um deles na própria fortaleza. Todas as coisas oficiais, do governo da Sérvia, são em cirílico, então presencialmente é a melhor forma de descobrir alguma coisa.

Bares e Cafeterias

Cafeterias são entidades na Sérvia. Elas estão sempre cheias de turistas e locais e são ponto de encontro para amigos, dates, papos de negócio e tudo mais – até esquenta pré balada.

Todos os bares de Belgrado também servem drinks – e alguns também servem comida, então você pode ir até um deles tomar um café e, quando ver, estar na sua terceira cerveja comendo petisquinhos e já se animando pra sair em seguida.

A pior parte delas – e de qualquer lugar em Belgrado, na verdade – é que é permitido fumar em ambientes fechados, então espere sair com o cabelo, a roupa, a vida fedendo a cigarro.

Zaokret
Meu lugar favorito de Belgrado. Ele fica dentro de um espaço com um estacionamento, então pode ser meio estranho de achar o café por ali. O Zaokret em si é um café/bar super cool, com cervejas artesanais, cafés frescurentos e bem tranquilo para beber uma cerveja ouvindo música boa, trabalhar ou levar os amigos até para dançar a noite.

O complexo em que o Zaokret está localizado – como eu disse, esse estacionamento – também vale muito a pena. É um espaço com VÁRIOS bares, cafés e restaurantes, um mais legal que o outro, e reza a lenda que às vezes eles fazem umas festinhas todos juntos no próprio estacionamento. É demais.

Koffein
Eu tenho um pouco de preguiça de cafeterias que se posicionam como ~franquias. O Koffein tem só duas cafeterias e, sabendo disso, eu evitei por muito tempo visitar uma que ficava perto da minha casa, que é o endereço que coloco aqui embaixo. E que engano!

A cafeteria em si é MARAVILHOSA, tem muito espaço pra você sentar tanto dentro como fora e eu tirei uma das minhas fotos recentes favoritas lá dentro – essa aqui de cima. O café filtrado deles é ótimo, eles tem alguns petisquinhos e fica numa rua que não passa carros, então eu podia deixar os cachorros soltos na rua tranquilamente enquanto tomava meu café ou um drink.

Kafeterija | Magazin 1907
Não dá pra entrar nessa cafeteria e não ficar com o queixo caído. O lugar tem três andares, com janelas enormes deixando tudo super bem iluminado, pé direito duplo, decoração vintage e clássica e uma carta de cafés que nenhum viciado pode botar defeito. Eles tem vários tipos diferentes de grãos e métodos de fazer café e ainda colocam uma garrafona de água com hortelã na sua mesa assim que você senta. Tem como não amar?

KC Grad

Bar e café mais alternativinho super bacana pra passar o fim de tarde. Fica em uma rua cheia de outros bares que viram baladas durante a noite, em Savamala.

Menções honrosas:


19Grams: café gracinha na minha rua favorita do centro
Supermarket Deli: bar e restaurante lindo em uma rua super tranquila.
Amélie: café e bar fofinho em uma rua deliciosa – pra sentar dentro ou fora – pertinho do Supermarket Deli

Restaurantes

Radost Fina Kuhinjica
Meu restaurante favorito de Belgrado. É um restaurante focado em comida vegetariana, mas vá até lá mesmo se você comer carne. É maravilhoso! Eles tem um trio de 3 mini hamburguers pra você testar todas as suas opções, quesadillas de vários sabores, um jardim externo cheio de gatinhos e uma decoração interna linda. É tudo maravilhoso. Nem preciso falar muito, só vá.

Burrito Madre
Pra comer barato e super bem, corra para o Burrito Baby. É uma franquia de burritos (dã) que também tem opções vegetarianas com um preço MUITO bom. Pode pedir o burrito comum ou ele em um bowl, pra ficar mais magrinho.

Submarine BBQ
Melhor hamburgueria de Belgrado com batatas fritas maravilhosas.

Hanan
Caso você esteja morrendo de vontade de comer pastinhas ou qualquer outra comida árabe/libanesa, o Hanan é super tradicional, tem preço justo e é delicioso demais. Só tome cuidado para pular os dias que tem apresentação de dança do ventre por lá.

Mayka
Restaurante vegetariano literalmente na frente de uma das minhas casas. O atendimento é meio estranho, mas a decoração do lugar é TÃO incrível que te aconselho ir até lá dar uma espiada mesmo se você não for comer nada. Aliás, a comida também é muito boa, com vários pratos vegetarianos que nunca vi antes.

Vá até lá pra espiar a decoração muito incrível e fique para pelo menos um drink.

Eatalian
Não que você precise de mais uma razão para morrer de amores pela cozinha italiana, mas aqui está uma opção super tradicional com ingredientes fresquíssimos e maravilhosos para você comer maravilhosamente bem.

Kozmeticar
É longe de tudo, mas no dia que você acordar de ressaca pegue um CarGo e vá comer o brunch deles. Aconselho.

Se você for do time que trabalha pela internet, pode levar o laptop também e trabalhar por lá, eles são super de boa.

Marukoshi
Restaurante japonês delicinha com algumas boas opções vegetarianas. Decoração gracinha, pratos saborosíssimos e preços justos. É meio fora de mão, mas vale a pena.

Zdravo Zivo
Caso você esteja do lado de Novi Beograd – sei lá fazendo o quê, já que é totalmente fora de mão – dê um pulo nesse restaurante de comida raw (crua) maravilhoso. É super pequenininho mas a comida é TÃO BOA que vale muito a pena.

Menções honrosas:
Smokvica: bar/restaurante lindíssimo na minha rua favorita
Crna Ovca: sorveteria deliciosa também na minha rua favorita (pistache <3)

Compras

Tike!: com vários modelos de tênis legais
Gradstor design hub: seleções de roupas e acessórios criados por designers locais
Remake | Ana Ljubinković: roupas, papelaria, acessórios, coisinhas para casa, tudo junto aqui numa seleção que você quer levar cada coisinha pra casa

Vida Noturna

Splav: balada menos ~afetada~ na beira do Rio Sava. Pra quem curte pop e gosta de baladas mais arrumadinhas, qualquer uma dessa região é legal. O Splav é mais tranquilo, dá pra entrar de tênis sem problema, as músicas são um pouquinho mais alternativas e o lugar é bem de boa. A vista pra fortaleza é o máximo!

 

Esses são alguns dos meus lugares favoritos de Belgrado, na Sérvia! A cidade foi uma surpresa maravilhosa esse ano e sempre que possível eu tento vender essa capital maravilhosa pra todo mundo. Belgrado? Apenas vá! <3

Tags from the story
, , ,

Comentários