9 ferramentas que todo freelancer deve usar

Um dos maiores segredos de todo bom freelancer é saber as armas ideais para melhorar o seu trabalho e deixá-lo mais produtivo. Posso dizer sem medo que parte do profissional que eu sou se deve ao conjunto de ferramentas que escolhi para ajudar no meu processo criativo – e é super importante para qualquer freelancer saber disso também! Afinal, essas ferramentas sempre vão acabar afetando a qualidade do seu trabalho.

Quando comecei a trabalhar como freelancer, um ponto que logo tive que mudar é esse receio de pagar por ferramentas que me deixam mais produtivo. Afinal, se eu pago X pela ferramenta, mas ela me permite ganhar 20X a mais do que ganharia, então estou ainda saindo 19X no lucro. Perceber essa relação não como um gasto, mas como um investimento no seu trabalho é essencial. Uma tecla que batemos muito no Passaporte Freela, o nosso curso que te ajuda a se tornar um freelancer incrível, é o fato de que é importante você sempre incluir o preço das ferramentas que você usa dentro do seu preço. Não pode esquecer que elas fazem parte do seu trabalho também!

Nesse post, juntei as ferramentas pagas e gratuitas que uso frequentemente como freelancer. Considero todas elas importantes para o meu processo, já que elas me tornam um profissional melhor. Vamos à lista?

 

G Suite

Nada mais adequado o pacote do Google ser o primeiro da lista: praticamente toda a minha vida, e da empresa também, fica por lá. Uso o Drive para compartilhamento e edição de documentos em tempo real com a equipe, o Photos para fazer backup de todas as minhas fotos, o Calendar para organizar o meu calendário pessoal e profissional e por aí vai. O meu e-mail pessoal e profissional também são pelo Gmail. Aproveitando, já deixo a dica: se você usa Hotmail, por favor, PARE. Além de não ser nada seguro, ele não é visto com bons olhos no mundo profissional. Pelo menos com os bons profissionais que eu conheço.

A melhor parte do Drive é que além dele guardar tudo na nuvem, com segurança, ele é um ótimo substituto para programas como o Word e Excel – que eu nem tenho mais instalados no meu computador, por sinal! No lugar, uso o Docs e o Sheets, especialmente porque permitem que as pessoas editem os arquivos juntos, com atualizações em tempo real. No final do dia, é uma ferramenta praticamente indispensável, não só pelas ferramentas que disponibiliza, mas também pela facilidade de usar e de organizar.

Plano G Suite que uso na empresa:
U$50/ano por usuário + 100GB (US$1,99/mês),
no plano Business, com domínio próprio, que eu recomendo.
Clique aqui para ver

 

Dropbox

O Dropbox garante um backup automático e em tempo real dos meus arquivos. A minha pasta “Meus Documentos” já fica sincronizada automaticamente com ele, o que não só facilita o compartilhamento quanto garante que os meus arquivos estão sempre salvos por lá. Se o meu computador quebrar hoje, por exemplo, eu consigo continuar o meu trabalho de algum outro lugar, já que eu tenho a última versão online salva no Dropbox.

Apesar do GSuite ter o Drive, que faz basicamente a mesma coisa, eu só gosto dele para arquivos de texto e planilhas, porque o Dropbox é infinitamente melhor para outros tipos de arquivo em questão de organização, conexão com outros aplicativos e principalmente na velocidade do download e upload.

Plano do Dropbox que usamos:
1Tb (US$9.90/mês)
Clique aqui para se inscrever

 

Adobe Creative Cloud

A Adobe é a famosa criadora do Photoshop e com o Creative Cloud você tem acesso a todas as ferramentas da empresa, o que acho incrível! É feito para quem trabalha com criação de conteúdo, como foto, design, edição de vídeo, áudio, ilustração, sites, infinitos! No nosso caso, usamos o pacote da Adobe para praticamente tudo. Mesmo. Editamos nossos vídeos no Premiere com alguns efeitos no After Effects e o áudio no Audition, organizamos e editamos nossas fotos no Lightroom, criamos nossos ebooks no InDesign, lidamos com ilustrações no Illustrator e por aí vai.

Sei que o Creative Cloud é conhecido por não ser das ferramentas mais baratas – não é a toa que possui alguns dos programas mais pirateados da internet –, mas se você trabalha com isso, é justo (e recomendável) pagar por ele. Ele é mesmo essencial para o nosso trabalho. Só não esquece de embutir o preço do Creative Cloud dentro do que você cobrar por um job! Trabalhar com produção de conteúdo e não ter o Adobe CC, é quase como um padeiro que quer fazer pão sem farinha.

Assim também você sempre vai ter os softwares da Creative Cloud todos atualizados o tempo todo. Além disso, a Adobe dá um suporte bem legal, com vários tutoriais, cursos, além de um Market bem bacaninha cheio de assets gratuitos como fontes, mockups, plugins e etc, que acabam facilitando e melhorando o trabalho de muita gente. E você ainda fica com a consciência leve de estar pagando por algo que você usa, né? Ah, eles têm planos para estudantes também.

Plano da Adobe CC que usamos:
Pacote Completo (R$175/mês)

 

Trello

Depois de apanharmos muito, de muitas idas e vindas, podemos dizer que o Trello é simplesmente a melhor opção para se organizar profissionalmente! Ele é uma ferramenta de gerenciamento de projetos, onde você pode colocar uma série de cards com as suas tarefas em colunas com temas que você especifica. Ele funciona muito bem se você trabalhar sozinho, mas ele brilha ainda mais quando você está em um time com outras pessoas.

Na nossa empresa, por exemplo, o nosso board principal no Trello tem uma coluna para cada integrante da equipe e uma coluna para trabalhos terminados. Cada card é uma tarefa específica e fica na coluna da pessoa responsável. Quando é uma tarefa colaborativa e uma pessoa termina a parte dela, basta ela jogar o card na coluna da próxima pessoa responsável. Se terminar a tarefa de vez, joga na coluna de tarefas concluídas. É super prático, fácil de usar e organiza a nossa vida de uma maneira incrível!

Também usamos o Trello para organizar os posts do blog – aí cada coluna corresponde a uma semana do mês e cada card é um tema ou idéia para post – e eu até uso para organizar minhas viagens! É uma ferramenta realmente super versátil e que não conseguimos mais viver sem. Vale até um post aqui no blog só com os diferentes usos que damos para ela.

Plano do Trello que usamos:
Básico gratuito, que já é incrível!
Clique aqui para se inscrever

 

Slack

Admito que sempre torci o nariz para o Slack. Sempre achei ele superestimado até dar uma chance de verdade. Pra quem é da época em que era tudo mato na internet, o Slack é como se fosse um mIRC moderno: ele oferece, para um time, uma série de canais para chat. É claro que se você trabalhar sozinho, não faz o menor sentido usar a ferramenta. Mas, no caso da nossa empresa, como somos três pessoas e cada um é alocado em um canto do mundo, o Slack se mostra super importante e também é outro grande facilitador na nossa vida.

No início, a gente usava o Skype para as conversas da empresa e acabava ficando uma bagunça sem fim, já que era tudo na mesma janela e ficava tudo meio misturado e perdido. Depois do Slack, a nossa produtividade e organização melhorou horrores, já que agora temos canais de conversa dedicados para temas específicos: então temos um canal para conversarmos sobre os freelas, outro para o Pequenos Monstros, outro para o Passaporte Freela e por aí vai. Além disso, o Slack também permite que você converse individuamente com outra pessoa, em um chat privado, tanto por texto quanto por vídeo/voz e compartilhar tela no plano pago. Ou seja ele é realmente o centro da nossa empresa.

Plano do Slack que usamos:
Gratuito, mas com este link você recebe U$ 100 para upgrade em qualquer plano pago
Clique aqui para se inscrever

 

Todoist

Já falei do Todoist várias vezes por aqui, mas porque ele é o único aplicativo que realmente me faz organizar as minhas tarefas. Normalmente eu reservo um tempo no meu dia e separo as minhas tarefas do dia seguinte em dois tipos de tag: quanto tempo vou levar (que eu conto por Pomodoros) e quando pretendo fazer (manhã, tarde ou noite).

A partir daí eu analiso as minhas tarefas por filtro, conseguindo ter uma ideia de como será meu dia seguinte e se realmente conseguirei fazer tudo (spoiler: não consigo, ops!). Também acrescento tarefas rápidas, que me dão uma sensação de dever cumprido e me incentivam a fazer outras tarefas maiores, como já contamos por aqui.

Plano do Todoist que uso:
Premium (US$29/ano)
Clique aqui para se inscrever gratuitamente

 

Evernote

O Evernote, para quem não conhece, é uma ferramenta incrível focada no armazenamento de notas, como se fosse um grande bloco de notas. Eu sempre amei o Evernote e TUDO o que anoto na vida vai para lá! De idéia de post a rascunhos de textos, passando por referências de paletas de cores e sites úteis. Ele também funciona como uma espécie de clipping, então eu posso salvar sites inteiros com a extensão dele para o Chrome. Fazendo um resumão, o Evernote é o meu depósito de tudo!

Plano que uso:
Premium (R$80/ano)
Clique aqui para se inscrever pra conta premium gratuitamente

 

Skype

Para ser bem sincero, tenho cada vez usado menos o Skype. Temos substuído ele bastante pelo Slack, ou mesmo pelo WhatsApp. De qualquer forma, acho importante falar dele porque o Skype é usado por nós para calls que precisam ser em grupo ou então com os clientes, já que não dá pra levá-los para o Slack e fazer a call pelo WhatsApp pode não ser tão legal e nem profissional para um cliente que você não tem muita intimidade.

Uma vantagem do Skype, que a gente já até falou por aqui, é o fato que ele permite que você compre um número local de qualquer país e estado, então nós temos um número local de São Paulo, por exemplo, e recebemos as ligações pelo Skype. É uma opção bacana para quem viaja bastante, assim como nós.

Plano que uso:
Grátis
Clique aqui para se inscrever

 

1Password

Olha, não sei quanto a vocês, mas eu não tenho a menor capacidade de lembrar de todas as senhas de todos os sites que eu tenho cadastro. A minha solução, para isso, é o 1Password, um programa que funciona tanto no celular quanto no computador e que que me salva diariamente, além de agilizar todos os meus processos. Ele funciona de uma forma bem legal: o programa salva (de forma super segura e criptografada, lógico) todas as suas senhas de todos os sites. Daí, você só precisa decorar uma única senha – por isso o nome! – e pronto. Ele já entra automático nos sites que você quer.

Ele é tão seguro que além de todas as minhas senhas eu também guardo lá as informações dos meus cartões de crédito, contas bancárias, senhas de clientes e aquelas que tenho que mandar sempre, como informação de emissão de nota. Nesse momento, tenho 218 itens salvos lá – entre contas pessoais, profissionais e de clientes -, então imagina só como eu sobreviveria sem isso!

Plano que uso:
Individual (US$2,99/mês)

 

Além de todas estas, também uso algumas outras ferramentas, mas com usos mais específicos da minha área. Listei aqui apenas as que considero essenciais pro meu trabalho e que fazem diferença na minha produtividade como freelancer. Se você quer melhorar o seu trabalho como freelancer, encontrar mais clientes, aumentar sua renda e sua produtividade, conheça a nossa série de cursos Passaporte Freela, com tudo para te guiar a ser um freelancer incrível!

Se você é freelancer, divide aí com a gente: que outra ferramenta é essencial para o seu trabalho?

Comentários