Trabalhar pela internet: um guia completo para começar

Você sonha em ter a liberdade de poder trabalhar de qualquer lugar, seja da sua cama quentinha até uma praia na Tailândia? Você não aguenta mais o ambiente do escritório, não quer mais pegar trânsito, quer passar mais tempo em casa com a sua família? Se você respondeu sim para qualquer uma dessas ideias, então você também quer trabalhar pela internet.
Qual é a sua dúvida?

Mas como assim trabalhar pela internet?


Pode até parecer que é brincadeira, mas a internet é um lugar mágico. Só pelo fato de você estar aqui, conectado, lendo esse post, significa que você também pode trabalhar para pessoas do mundo inteiro, aprender uma habilidade nova que pode te sustentar pelo resto da vida e até levar seu trabalho para qualquer lugar.

Trabalhar pela internet quer dizer que você vai trabalhar usando apenas seu próprio computador. Fazer reuniões usando o Skype. Organizar suas tarefas pelo Trello. Se comunicar com outras pessoas do trabalho por email, por mensagens ou por um chat. Você pode trabalhar totalmente pela internet sendo um designer, um programador, um publicitário – como é o nosso caso –, advogado, psicólogo, empreendedor, assistente… o mais legal da internet é poder encontrar um nicho para trabalhar online pensando na profissão que você tem hoje. Inclusive, é para pessoas como você que criamos a nossa consultoria para transformar seu trabalho comum em trabalho remoto, caso você ainda esteja com dúvidas depois desse post. 😉

Mas você não precisa, necessariamente, seguir uma carreira tradicional. Você pode ter várias outras habilidades que podem se transformar em uma carreira online. Se você é uma pessoa organizada e comunicativa, pode se tornar assistente pessoal. Se sabe muito bem alguma língua, pode trabalhar com tradução ou como professor. Caso você seja especialista em alguma coisa em particular que as pessoas estão sempre interessadas, de jardinagem a negócios, você pode se tornar um coach. Se você tira fotos lindas, pode vendê-las online. Se sabe ilustrar, layoutar, criar apresentações, sites, projetos, estratégias…você pode trabalhar pela internet.

A internet é um lugar mágico porque você pode investir nas coisas que ama, aprender tudo sobre elas e ainda criar um negócio, tudo de graça. Além de incrível, trabalhar pela internet ainda pode ser super democrático. Essa tal de internet é mesmo pra casar, né? ❤️

É possível se sustentar trabalhando pela internet?


Em resumo? Com certeza!
Trabalhamos pela internet há quatro anos – com publicidade e também aqui no Pequenos Monstros – e nos sustentamos completamente disso. Além de nós, outras milhares de pessoas trabalham exclusivamente pela internet, seja para empresas físicas, com escritório e tudo, ou até para empresas que só existem online, e é possível se sustentar trabalhando apenas pela internet sim. Você só precisa encontrar seu nicho.

Leia também: Como me tornei freelancer

Uma pesquisa do ano passado, por exemplo, apontou que programadores que trabalham pela internet acabam ganhando em média 40% a mais do que aqueles que trabalham em escritório – uma diferença gigante! E não se preocupe, porque isso não é exclusivo só para programadores. Existem milhões de oportunidades por aí, para praticamente todas as áreas e profissões possíveis. É só saber buscar!

E mesmo que você decida trabalhar viajando, trabalhar pela internet também pode significar economia. Pessoas que adotam esse modelo de trabalho tem a tendência de gastar menos, mesmo quando estão viajando pelo mundo, porque vários custos acabam indo embora ou diminuindo bastante. Você não gasta tanto com gasolina, comida, transporte e mais um monte de coisas. E tem várias empresas que inclusive pagam melhor quem trabalha pela internet, já que eles também economizam do lado deles.

Com o que eu posso trabalhar pela internet?


– Trabalhar para alguém

Por causa de todos os benefícios, trabalhar pela internet está virando uma tendência cada vez mais forte e várias empresas já tem esse modelo de trabalho. Então, se você quiser continuar trabalhando para uma empresa mesmo, com a ideia de que isso é mais sério ou seguro, tendo benefícios e um contrato de trabalho, uma boa maneira é encontrando um emprego que você possa fazer online, mas em uma empresa. Pode ser em uma empresa nova – existem várias, de todas as áreas, que já fazem esse tipo de coisa – ou até continuar na sua atual. Se escolher o segundo caso, você precisa se planejar direitinho pra conseguir mostrar para o seu chefe que você vai ser ainda mais eficiente dessa forma.

Alguns sites para procurar empregos fixos – porém remotos – em empresas: We Work Remotely, Remotive, Talentboard

Você sempre pode procurar clientes por conta própria também! Seja começando com o seu networking pessoal ou até mesmo com a ajuda de algumas plataformas que estão disponíveis online. Tem espaço pra todo mundo: designers, tradutores, fotógrafos, programadores, advogados, economistas enfim… as opções são infinitas!

Leia também: 5 ideias para ganhar em dólar sem sair de casa

– Vender produtos ou serviços online

Se você tem um bom olhar para compras, se sua cidade tem coisas interessantes, se você cria seus próprios produtos que quer vender para todos os lugares do mundo, existem plataformas – nacionais e internacionais – para você vender todo tipo de coisa.

Produtos novos e usados de qualquer tipo tem espaço para serem revendidos em um monte de lugares. Ebay e Amazon são duas opções bem óbvias, e a maioria dessas plataformas são super seguras para o comprador e para o vendedor, servindo como fonte de renda de muita gente.

Se você é um pouco mais ~prendado~ e tem o talento para produzir produtos artesanais, existem lugares especializados para a compra e venda desse tipo de coisa. Em plataformas como o Etsy, Elo7 e até no próprio Ebay tem gente vendendo todo o tipo de produto feito a mão. Você pode vender absolutamente qualquer coisa – só precisa ter demanda, que você pode descobrir fuçando nesses sites.

Quando a gente diz que existe mercado para praticamente todos os nichos na internet, não é exagero. Você toca um instrumento? É possível, por exemplo, vender pela internet gravações suas para fazer parte de uma música. Entende MUITO de algum assunto? Pode dar aulas ou seminário online e vender por aí. Acha que tem a voz legal? Que tal um trabalho de dublagem? É um bom designer? Pode vender ícones, layouts de apresentações, layouts de blogs, logos e mais um montão de coisas. Manja muito de álgebra? Tem gente disposta a te pagar pra ajudar com a lição de casa.

O negócio de trabalhar pela internet, mesmo, é saber qual é o seu diferencial + saber procurar. Existem plataformas, tipo o Fiverr, que tem uns trabalhos bem…exóticos. Além de trabalhos comuns tipo dublagem, design e tal. E tem um mundo de sites para habilidades mais específicas. Se você é um designer, por exemplo, em lugares como o Theme Forest, Graphic River e Dribble, você vai encontrar gente que paga MUITO BEM pelos seus serviços e produtos. É só saber procurar.

– Assistente Pessoal

Se você é uma pessoa organizada, já trabalhou como assistente ou está procurando um tipo de trabalho que não exige muita experiência prévia, às vezes apenas um bom inglês, uma solução bacana é se tornar assistente pessoal. E sim, é possível ser assistente pessoal de alguém trabalhando pela internet!

Como assistente pessoal, você passa a ser responsável por toda a vida de uma outra pessoa. Você passa a saber os gostos, horários, compromissos e a rotina da pessoa, de cima a baixo, e fica responsável pelo gerenciamento da sua agenda, marca viagens, ajuda a redigir emails, documentos e mais algumas outras coisinhas. Ser assistente pessoal trabalhando pela internet pode ser complexo, mas é um dos trabalhos mais populares no mundo remoto hoje em dia. Usando email, Skype e outras ferramentas colaborativas, não existe mais a necessidade de você passar o dia inteiro em um escritório colado na pessoa.

Mas é claro que ser um assistente pessoal, mesmo trabalhando pela internet, não é uma coisa tranquilinha. Várias vezes vai precisar fazer tarefas que não esperava, os horários de trabalho variam muito (e você precisa estar sempre online, nem que seja pelo celular, pronto para atender a outra pessoa em caso de emergências!) e planejar a sua vida ao redor da agenda de quem você está trabalhando. Não é fácil, mas pode valer a pena. O Upwork é uma ótima plataforma para encontrar esse tipo de trabalho.

– Freelancer

Se você quer ser o seu próprio chefe e ter total controle sobre a sua vida, horário e quer a liberdade de escolher os seus trabalhos, ser freelancer é uma das melhores soluções – e foi a nossa! A melhor parte de tudo? Poder manter a sua carreira, caso você já tenha uma, e levá-la contigo para qualquer lugar do mundo. :)

Leia também: Trabalhar viajando pode ser pra todo mundo?

Você pode ser freelancer em absolutamente qualquer área. Até as mais improváveis, como medicina. É mais difícil? Claro, mas não é impossível. Ter contatos na área te ajuda a se manter como freelancer, então a falta deles pode ser um obstáculo para começar. Mas isso é só um detalhe. É só saber procurar e entender como se posicionar. Tem sites de freelancers contratando gente de todo lugar do mundo e de várias áreas diferentes.

Ser freelancer pode dar super certo, te trazendo uma liberdade absurda e até uma boa estabilidade financeira, especialmente se você souber se planejar direitinho. Nós somos freelancers e trabalhamos apenas pela internet, não nos arrependemos nem um pouco dessa escolha e ainda podemos viajar o mundo o tempo todo. Se você quer transformar seu trabalho atual em um trabalho remoto, temos uma consultoria exclusiva nisso na nossa Oficina, é só clicar aqui pra conhecer.

– Encontre micro nichos

Uma coisa que gostamos muito de pensar é sobre todas as suas capacitações, mesmo as ligadas aos seus hobbies. Ligar os pontos é muito importante para encontrar um nicho que é só seu. Você adora moda e trabalha com tradução? Você é super fã de carros e sabe tudo sobre eles, mesmo trabalhando como economista? Porque não juntar as duas coisas?

Acredite: pela internet, você consegue testar hipóteses fazendo buscas pelo mundo todo. Com isso, consegue descobrir se suas habilidades, juntas, podem ser um nicho lucrativo. É claro que encontrar um nicho bom, rentável e que tenha a ver com você não é fácil. Um ponto de partida bem válido é se fazer uma série de perguntas: no que eu sou bom? O que me torna único? Do que as pessoas precisam e eu posso oferecer? O que elas não sabem fazer e eu sim? Pagariam por isso? Porque? E aí partir desse começo.

Quais profissões são as mais comuns de quem trabalha pela internet?


– Programador

Se você é programador e quer trabalhar pela internet, você ganhou na loteria – e já deve saber disso. Programação é um trabalho que já nasceu com um pézinho conectado, então é uma escolha bem óbvia de carreira para quem já tem essa pretensão de trabalhar sozinho. Como não é um trabalho que faz muita diferença se você está ou não em um escritório, as oportunidades de trabalho para programadores são bilhões – aliás, morremos de inveja disso! hahaha
Como falamos ali em cima, um programador que trabalha pela internet costuma ganhar 40% mais do que os que trabalham fixo para uma empresa.

– Designer

Todo mundo, em um momento ou outro da vida, vai precisar de algum trabalho de design. Por isso, ser designer e trabalhar pela internet é uma das alternativas mais fáceis e cheias de oportunidade por aí. Os tipos de trabalho são vários: logos, apresentações, sites, flyers, edição de fotos e mais um montão de coisas. Oportunidades não faltam. Mesmo.

– Jornalista/Redator

Essas profissões são duas das que mais crescem nos últimos anos quando o assunto é trabalhar pela internet. Como em ambas você pode produzir literalmente de qualquer lugar – basta apenas um computador e uma conexão com a internet -, tem muitas opções de trabalho que você pode se candidatar. Em inglês, como sempre, existem bem mais oportunidades, mas é só querer que você também encontra opções em português.

– Professor

Você tem algo pra ensinar? Com certeza tem alguém por aí querendo aprender. Com a facilidade que é lançar um curso totalmente a distância hoje em dia, por causa das milhões de plataformas disponíveis por aí, ser um professor que trabalha só pela internet já é uma realidade para várias pessoas. E o melhor de tudo é que você não precisa ser um professor tradicionalzão, porque pode ensinar literalmente qualquer coisa e tratar com clientes de várias idades e estilos. Desde física até coisas meio exóticas, tipo como morar em uma pequena cabana (sério!). Se estiver procurando plataformas para isso, duas dicas são o Teachable para criar seu próprio curso e iTalki para ensinar línguas.

– Tradutor

Essa uma opção que existe desde quando a internet era só mato. A oferta para tradução de textos, em todas as línguas possíveis e imagináveis, é praticamente um buraco sem fundo! Tem muita gente por aí que, há anos, se sustenta só com trabalhos de traduções feitos online. Esse tipo de trabalho também pode ser encontrado em vários sites diferentes de freelancers.

Consigo trabalhar pela internet na minha área?


É verdade que existem algumas áreas dentro da sua profissão que realmente são impossíveis de se trabalhar remotamente. Mas também existem muitas outras – algumas que você nem imagina – que podem ser feitas de forma remota. Se você é um médico, por exemplo, pode trabalhar com telemedicina, emitindo laudos a distância – e não fazendo plantão no hospital todos os dias da semana. É um advogado? Pode prestar consultoria online para empresas. Você sabia que existem psicólogos e psiquiatras que atendem a distância, usando o Skype?

O grande truque é você saber procurar e usar sua criatividade e encontrar seu diferencial. Existe mais gente por aí do que você imagina trabalhando pela internet nas áreas mais improváveis. Gente que encontra e explora trabalhos menos comuns e acabam se dando muito bem por isso. E se você quiser, podemos te ajudar a encontrar esse tipo de trabalho ou nicho na nossa consultoria. Se ficou curioso, clica aqui pra saber mais!

O que mais eu preciso para trabalhar pela internet?


Além do básico – um computador e um acesso à internet com boa conexão -, é preciso de bastante organização e planejamento. Saber ser o seu próprio chefe, lidar com as finanças (e, muitas vezes, a instabilidade de ganhos também), equilibrar seu tempo e criar uma rotina saudável nem sempre são tarefas fáceis. Mas são coisas que, se houver um esforço da sua parte, são super contornáveis.

Nesse post nós damos algumas dicas sobre como começar a trabalhar de casa, montando seu próprio home office. E nesse outro post aqui explicamos direitinho a importância da rotina mesmo trabalhando pela internet e como criar a sua.

Também é preciso ter muita vontade de aprender. Muita, muita mesmo! Trabalhar pela internet muitas vezes significa fazer várias coisas ao mesmo tempo e ter várias funções só pra você cumprir. Então é MUITO importante você sempre se mantenha atualizado. Pesquise tudo, pesquise muito e pesquise sempre! Sempre vá atrás de novos conhecimentos que podem ser úteis para o seu trabalho e tente estudar algo que pode lhe tornar um profissional mais completo. Eu daria essa dica para absolutamente qualquer coisa na vida, mas para trabalhar pela internet é ainda mais importante.

___

Encontrar o seu trabalho ideal e começar a realmente ganhar dinheiro não é uma coisa fácil. O começo, na verdade, quase sempre é difícil e pode dar vontade de desistir. Uma, duas, dez vezes. Mas é um investimento que nós fizemos e que hoje nos permite trabalhar de qualquer lugar do mundo viajando por aí. Não foi fácil, mas também foi uma das melhores escolhas que já fizemos na vida! Quando os resultados começam a chegar, de repente tudo começa a fazer sentido. Só tem que ter paciência, ser persistente e estar sempre disposto a adaptar seu trabalho para descobrir o que é mais rentável na sua área.

Portanto, pode parecer meio clichê, mas não tenha medo! Se você tem alguma dúvida, tente começar aos pouquinhos. Temos um post todo sobre contonar o próprio medo aqui que acho que vai ser bem importante pra você nesse começo. Pegue um projetinho aqui e ali e aos poucos vá aumentando o ritmo. Ou procure falar com pessoas que trabalham ou já trabalharam pela internet, ouça a experiência delas e vá matando os seus medos. Sempre pense: qual é a PIOR coisa que pode acontecer? Aposto que não é tão assustador assim.

Se você precisar de uma ajudinha ainda maior que esse post, não esqueça da nossa consultoria e também do nosso ebook, que te ensina a parar de ter medo, superar os obstáculos e realmente agarrar seus sonhos.

E aí, agora não tem mais desculpas não saber mais como trabalhar pela internet, né? Hora de agir!

Comentários